Ext-Mail

Login :
Pass :
Esqueceu a Senha
ExtClan

Aventure-se

Jogos sempre acabam um dia, mas a amizade sempre perpetua. Aqui no Clan dos Exterminadores a Amizade esta sempre em Primeiro Lugar..

Bem Vindo ao ExtClan





    Histório do World of Warcraft


      Há milhões de anos atrás: Nasce o Universo. Os Titãs, poderosos seres mágicos, decidem realizar sua missão de trazer ordem ao universo. O guerreiro/mago Sargeras é consumido pela magia negra. Sargeras oferece aos Eredar a possibilidade de se tornarem seus servos. Um grupo liderado por Velen recusa e foge. Eles se renomeiam Draenei. Nasce a Legião Flamejante. 14,000 anos antes da primeira guerra: Os Titãs chegam a Azeroth. Eles enfrentam os Deuses Ancestrais (que são uma espécie de polvos). Porém, os covardes fazem uma mágica para que, caso sejam destruídos, Azeroth seja destruída também. Os Titãs enterram-nos debaixo da terra e criam uma prisão para os seus tenentes (representantes dos quatro elementos, fogo, água, terra e ar), re-moldam Azeroth e dão amplos poderes aos dragões. Os Trolls criam dois impérios. Gurubashi é destruido numa guerra civil. Os Vikrul são amaldiçoados com crianças fracas e o rei ordena que sejam mortas, mas os pais decidem escondê-las longe. Neltharion, o dragão responsável pela fertelidade do território, começa a enlouquecer devido à influência dos deuses ancestrais. 10,000 anos antes da primeira guerra: Os Night Elves encontram a Well of Eternity. Eles usam a magia para criar um poderoso império em Kalimdor. A magia atrai a Burning Legion. Malfurion e Tyrande destroem a Well of Eternity. Kalimdor parte-se em três continentes. Os Night Elves juram nunca mais usar magia arcana. Neltharion, agora enlouquecido, convence os outros dragões a criar um amuleto. Uma vez feito isso, Neltharion traí o seu povo, mas é forçado a retroceder pela implosão da Well of Eternity. Três dos cinco aspectos dragões descobrem que o mago Illidian recriou a Well of Eternity e decidem disfarçá-la usando uma árvore divina. Os Night Elves aprendem a usar magia divina. Os Highborne, magos arcanos, são banidos. 7,000 antes da primeira guerra: Os Highborne chegam a Lordaeron. Usando um frasco que contém magia da Well of Eternity eles criam a Sunwell, em Quel'danas. Os Highborne renomeiam-se High Elves. Os elfos entram em conflicto com os Trolls do Império Amani. Eles criam runestones para impedir que tanto os Trolls como a Burning Legion os descobrissem. 4,000 anos antes da primeira guerra: A barreira mágica é destruida e os Trolls invadem Quel'thalas. Os elfos pedem ajuda aos humanos, porem estes só aceitam ajudar em troca dos elfos lhes ensinarem a magia. Os elfos concordam. Os magos elfos e humanos derrotam os Trolls. 1,200 anos antes da primeira guerra: Os magos humanos fundam Dalaran. A magia humana atrai a Burning Legion. os elfos e humanos criam o Conselho de Tirisfal para impedir que os demónios entrem em Azeroth. O império humano de Arathor colapsa e formam-se várias nações (Stromgarde, Dalaran, Gilneas, Lordaeron, Alterac, Kul'Tiras e Stormwind). 1,000 anos antes da primeira guerra: A guardiã Aegwynn encontra um avatar de Sargeras. Ela o destrói, mas ao fazê-lo fica com uma porção do espirito do titã dentro de si. 300 anos antes da primeira guerra: o reino anão de Ironforge cai em guerra civil. O clã Bronzebeard ganha. Os Dark Iron usam magia para invocar Ragnaros (o tenente do fogo dos Deuses Ancestrais) para se vingarem. Porem Ragnaros escraviza os Dark Iron e destrói grande parte de Redridge Mountains. aprox 50 anos antes da primeira guerra: Os demónios encontram o mundo de Draenor (refúgio dos Draenei) e decidem corromper os Orcs. A missão é completa. Os Fel Orcs matam a maioria dos Draenei. A primeira Horda é criada. 25 anos antes da primeira guerra: Aegwynn chega a Stormwind. Ela enfeitiça o conjurador Nielas Aran para que lhe de um filho. Aegwynn dá todo seu poder mágico ao seu filho Medivh. A primeira guerra: Medivh alcança os 16 anos. O seu poder mágico desperta. Medivh é possuido por Sargeras que o força a criar um portal dimensional entre Azeroth and Draenor. A primeira Horda invade Stormwind. Em Dalaran, o Kirin Tor (o parlamento da cidade) encontra vários membros da ordem de Tirisfal assassinados e decide enviar o mago Kadgar como aprendiz de Medivh para espiá-lo. Kadgar descobre que Medivh é responsável tanto pelas mortes como por trazer os Orcs a Azeroth. Kadgar, ajudado pelo guerreiro Lothar, assassina Medivh. A rogue Garona assassina o Rei Lane. A Horda conquista Stormwind. 5 anos após a primeira guerra: Os sobreviventes de Stormwind fogem a Lordaeron. A Aliança é criada. Durante a guerra Deathwing (o novo nome de Neltharion) entrega o talismã aos Orcs pois um feitiço o impede de usá-lo. A rainha dos dragões, Alexstrasza, é raptada. A Horda é derrotada. Lothar morre na penúltima batalha da segunda guerra. Os paladinos são criados. Kadgar destrói o Dark Portal. 7 anos após a primeira guerra: Em Draenor um xamã chamado Ner'zul reunifica os Orcs restantes. A "Horda de Draenor" ataca Stormwind, Dalaran, as ruinas de Alterac e o templo élfico onde Aegwynn guarda a essência do avatar de Sargeras em busca de artefactos que contenham um grande poder mágico. Temendo uma segunda, invasão os lideres da Aliança enviam uma expedição para recuperar os objectos roubados. A expedição consegue recuperar a caveira do bruxo gul'dan e o livro de feitiços de Medivh. Ner'zhul cria vários portais interdimensionais mas acaba sendo atraido para o Twisting Nether arrastando consigo Draenor. 8 anos após a primeira guerra: Deathwing toma uma forma humana e decide destruir a Aliança por dentro. Os magos de Dalaran suspeitam do novo concelheiro do Rei Terenas. Percebendo o perigo, Deathwing tenta fazer com que Lordaeron invada Dalaran. Korialz, o marido de Alexstrasza, pede ao mago Rohin que libere a sua amada. Rohin, acompanhado pela elfa Vareesa e pelo anão Falstad invadem a fortaleza de Grim Batol. Usando um feitiço Rohin quebra o talismã restaurando os poderes aos aspectos dragões. Deathwing é forçado a fugir. Entretanto Ner'zhul faz um pacto com a Burning Legion e transforma-se no Lich King. Nos 10 anos seguintes: Stormwind e Dalaran são reconstruidas. Stromgarde, Gilneas e Quel'thalas abandonam a Aliança. A muralha Greymane é construida para proteger Gilneas. Enquanto isso, o Lich King é enviado para Northrend. Ele convence Kel'thuzad a ajudá-lo a criar a Scourge. Enquanto isso, com Deathwing desaparecido, a dragona negra Onyxia toma forma humana para manipular o reino de Stormwind. Os Orcs que sobreviveram a guerra foram postos em cativeiro. Um Orc, poréem, serviu como escravo/gladiador para um nobre humano. Thrall (o nome do orc) foge e reunifica os orcs numa segunda horda. 20 anos após a primeira guerra: A Scourge, um exército de mortos-vivos ataca o Reino de Lordaeron. Principe Arthas tenta detê-los mas acaba por se transformar no primeiro Death Knight. A maga Jaina Proudmoore é aconcelhada por um estranho a liderar o seu povo para Kalimdor. Arthas mata o Rei Terenas e assassina a maioria dos paladinos. A Scourge destrói Quel'thalas e a Sunwell e saqueia a cidade de Dalaran. Entretanto, Jaina e os seus seguidores chegam a Kalimdor só para descobrir que a segunda Horda já está lá. As duas facções lutam entre si ao longo da costa de Barrens até chegarem a Ashenvale, onde recebem como boas-vindas um ataque dos Night Elves. Ao mesmo tempo, a Burning Legion retorna a Azeroth e tenta destruir Nordrassil (a árvore criada para esconder a Well of Eternity). O estranho revela ser Medivh, agora livre de Sargeras, e aconcelha os Humanos, Orcs e Night Elves a juntarem-se para defender Nordrassil. Após uma batalha épica a Burning Legion é derrotada. 21 anos após a primeira guerra:Illidian, que ficou preso numa caverna subterrânea, aceita servir a Legion. Como missão ele tem de destruir o Lich King e a Scourge (que, com a derrota da Burning Legion, tornou-se independente). Usando o Olho de Sargeras (uma jóia mágica e não um olho verdadeiro), Illidian tenta destruir o Lich King, porém é impedido pelos Night Elves. Illidian foge para Outland (as ruinas de Draenor). Os High Elves que sobreviveram ao ataque da Scourge renomeiam-se Blood Elves. Kael'thas, principe dos elfos, alia-se a Illidian e leva consigo um pequeno contingente de guerreiros. Entretanto, o Lich King começa a perder o poder por causa do feitiço de Illidian (que apesar de não ter sido completado, serviu para enfraquecê-lo) e assim também começa a perder o controle sobre os Undead. Um grupo, liderado por Silvanas Windrunner (irmã de Vareesa, a elfa que ajudou Rohin a derrotar Deathwing), que foi transformada numa dark ranger durante o ataque a Quel'thalas, forma os Forsaken e consegue conquistar as ruinas de Lordaeron. Arthas transforma-se no novo Lich King. 25 anos após a primeira guerra (World of Warcraft): As relações Horda-Aliança começam a degenerar. Os Forsaken, agora aliados da Horda, começam a atacar camponeses da Aliança na zona de Hillsbrad Foothills enquanto em Kalimdor Orcs e Night Elves lutam pelo dominio de Ashenvale. O Rei de Stormwind, Varian, é raptado. Na sua ausência o reino começa a entrar em decadência devido a influencia de Onyxia. Nas Plaguelands os paladinos sobreviventes criam a Ashbringer, uma espada feita de magia divina, outorgada a Alexandros Mograine. Porém, o seu filho Renault, invejoso da atenção que o pai dá ao caçula Darion, o mata corrompendo a espada. Procurando libertar o seu pai, Darion sacrifica-se. Enquanto isso, a Burning Legion começa a corromper a resistência humana em Lordaeron que se divide em dois: a Scarlate Crusade, um grupo de radicais racistas, e a Argent Dawn, uma organização mais aberta a outras raças. Em Kalimdor a influência dos Deuses Ancestrais força a Horda e a Aliança a unirem-se para proteger Azeroth. 28 anos após a primeira guerra (Burning Crusade): Enquanto isso, os Blood Elves conseguem recuperar 50% de Quel'thalas. Os Forsaken ajudam os elfos a entrar na Horda. Uma nave mágica espatifa-se na costa de Kalimdor, a bordo estavam os Draenei, que se unem a Aliança. O Dark Portal é reaberto, forçando a Aliança e a Horda a enviar expedições a Outland para evitar uma terceira invasão da Burning Legion. Illidan é quase assassinado, Kael'thas revela-se como um louco capaz de tudo por magia e a Aliança descobre que ele não morreu quando Draenor foi parar no Twisting Nether. Rei Varian retorna a Stormwind e assassina Onyxia. Enquanto isso, Kael'thas retorna a Quel'thalas com o objectivo de criar um portal para a Burning Legion usando (o que resta) da Sunwell. Porém, OS Draenei se unem a aliança de azeroth,acabando com os planos dos Blood elves. 30 anos após a primeira guerra (Wrath of Lich King): Enquanto isso Arthas desperta. A Scourge tenta destruir a Argent Dawn mas uma virada na maré faz com que a Ashbringer seja restaurada e Tirion Fordring (um herói humano da Segunda Guerra) lidere a Argent Crusade (expedição da Argent Dawn em Northrend) contra a Scourge. Ao mesmo tempo, a influência dos Deuses Ancestrais força Jaina, Aegwynn e vários representantes da magia divina, arcana e natural a recriarem o Conselho de Tirisfal, tendo como primeiro guardião Med'an (filho de Garona e Medivh). A cidade de Dalaran volta à ribalta liderando um ataque contra Malygos (aspecto dragão responsável pela harmonia mágica) porque ele acredita que as "raças inferiores" não podem usar magia. Alexstrasza, em dívida para com os Humanos e High/Blood Elves por a terem salvo, quase assassina Malygos,que porém deixa Azeroth sem ninguém para vigiar a magia. A Argent Crusade consegue assassinar Arthas, porém, como uma Scourge Forsaken é pior que uma Scourge sem cérebro, Bolvar (amigo de Varian) transforma-se no Lich King para impedir isso. Enquanto isso, uma série de eventos (um grupo de dissidentes Forsaken atacam a Horda e Aliança) põem fim a guerra fria entre a Horda e a Aliança. 31 anos após a primeira guerra (Cataclysm):Deathwing retorna a Azeroth provocando terremotos, inundações e explosões vulcânicas em todo o planeta (excepto Northrend). Descobre-se que a população de Gilneas foi transformada em lobisomens e são atacados pelos Forsaken, forçando Gilneas a reentrar na Aliança. Os goblins de Kezan são forçados a reentrar na Horda após uma explosão vulcânica na sua ilha. Os Night Elves reabraçam a magia arcana e os gnomos e taurens tornam-se mais espirituais. Stormwind torna-se a maior força da Aliança devido ao fato de que os Night Elves ficam com cada vez menos território e Ironforge volta a ser governada pelo Conselho dos Três Martelos (uma união entre os Bronzebeard, Dark Irons e Wildhammers) pois o Rei Magni ficou petrificado. Entretanto, os planos de Deathwing são desconhecidos...
    • Clan dos Exterminadores
      Créditos desta história


      pt.wikipedia.org/wiki/História_do_Warcraft


Noticias WOW

Novidades do wow

World of Warcraft: Mists of Pandaria é o quarto pacote de expansão do MMORPG mais jogado do mundo, World of Warcraft. Foi anunciado no dia 21 de outubro de 2011 por Chris Metzen na BlizzCon 2011.

Criado por Laurent le, editado por {{K9}}